Buenos Aires rejeita permissão para entrada de animais em restaurantes

Buenos Aires, 22 jun (EFE).- Os animais de estimação continuarão proibidos de entrar em estabelecimentos gastronômicos de Buenos Aires, na Argentina, uma das cidades com a maior quantidade de cachorros e gatos de todo o mundo, depois que a metade dos entrevistados em uma sondagem do governo local se manifestou contra essa possibilidade.

Na consulta, que foi realizada entre os dias 15 e 21 de junho, 289.755 pessoas participaram através das redes sociais, de outros meios digitais e de forma presencial.

Apesar de a capital argentina ser o lar de 430 mil cachorros e cerca de 250 mil gatos, 52% (148.094) dos participantes votaram de forma negativa, enquanto 48% (141.661) foram favoráveis.

Esta não é a primeira vez que o governo da cidade questiona seus moradores sobre decisões que envolvem animais de estimação.

No fim do ano passado, os moradores da capital argentina foram consultados sobre o transporte de cães e gatos no metrô nos fins de semana.

Naquela oportunidade, 72% dos cerca de 150 mil que votaram na consulta foram favoráveis à medida, que após ser aprovada pela legislatura local, foi implementada em fevereiro deste ano.

No entanto, desta vez, e apesar de metade dos lares da capital argentina terem animais, a maioria dos participantes preferiu não compartilhar o interior dos estabelecimentos gastronômicos com eles. EFE

mjbd/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos