Bombardeios no nordeste da Síria e perto de Damasco deixam 9 civis mortos

Beirute, 23 jun (EFE). - Pelo menos dez civis morreram nesta sexta-feira em bombardeios de aviões não identificados no nordeste da Síria e nas proximidades de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Ao todo, cinco vítimas foram registradas em um ataque contra o povoado de Muhimida, sob o controle do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), no oeste da província nordeste de Deir ez-Zor. Entre os falecidos há menores de idade e mulheres, de acordo com a ONG, que não descarta que o número aumente porque há feridos em estado grave.

Quase toda Deir ez-Zor está nas mãos do EI, exceto alguns bairros da capital homônima e o aeroporto militar, em poder das Forças Armadas da Síria.

Já em um bombardeio em contra o povoado de Haza, na região de Ghouta Oriental, o principal reduto opositor dos arredores de Damasco, dois menores e duas mulheres morreram, segundo o Observatório.

No momento, combates entre as autoridades sírias e facções islâmicas acontecem no distrito de Jobar, a 10 km da capital do país, e nos arredores de Ein Tarma, em Ghouta Oriental. De acordo com o Observatório, os efetivos governamentais tentam avançar por Jobar, que fica muito perto da parte antiga de Damasco, para forçar a saída das tropas adversárias para Ghouta Oriental.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos