Casa Branca usa tweets para responder que há não gravação entre Trump e Comey

Washington, 23 jun (EFE).- A Casa Branca respondeu nesta sexta-feira com uma simples referência aos tweets do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao pedido do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes para que fossem entregues qualquer fita ou gravação dos diálogos entre o republicano e o ex-diretor do FBI James Comey.

Em uma carta de dois parágrafos, o assessor para Assuntos Legais da Casa Branca, Marc Short, se limitou a citar as mensagens publicadas por Trump no Twitter. Ontem, o presidente afirmou que não fez e não possui nenhum tipo de gravação de suas conversas com Comey, demitido por ele no início de maio.

O comitê tinha dado um prazo até hoje para que a Casa Branca entregasse os arquivos caso eles existissem. "Em resposta à solicitação, citamos a declaração do presidente neste dia 22 de junho de 2017 sobre o assunto", escreveu Short na carta, enviada aos congressistas republicano Mike Conaway e democrata Adam Schiff.

A carta reproduz a sequência de mensagens publicadas por Trump na rede social. "Com toda a vigilância eletrônica, grampos e vazamentos ilegais de informações recentemente registrados, não tenho nem ideia se há fitas ou gravações de minhas conversas com James Comey, mas eu não fiz, e não tenho, nenhum tipo de gravação", escreveu o presidente.

Foi o próprio Trump que sugeriu a possibilidade de seus diálogos com Comey terem sido gravados. Também no Twitter, o presidente republicano ameaçou o ex-diretor do FBI ao indicar que as conversas poderiam ter sido registradas em áudio.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira, Trump sugeriu que fez a ameaça para pressionar Comey a mudar sua versão dos fatos.

"Quando ele (Comey) foi informado de que poderia haver gravações, sejam governamentais ou qualquer outra, quem sabe, acredito que a história contada pode ter mudado", comentou Trump durante uma entrevista ao programa de televisão "Fox and Friends".

"A minha história não mudou. A minha história foi sempre uma história sincera. A minha história foi sempre a verdade", rebateu Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos