Turquia prende 5 supostos jihadistas na fronteira com a Síria

Istambul, 24 jun (EFE).- A polícia da Turquia deteve na província de Hatay, na fronteira com a Síria, cinco supostos jihadistas preparados para cometer atentados suicidas no país, informaram neste sábado as autoridades regionais.

"Em uma operação dos serviços secretos e da polícia, realizada na sexta-feira, foram detidos na capital provincial cinco ativistas enviados da Síria para cometer atentados suicidas", destacou um comunicado de hoje do governo local.

"Junto aos terroristas foram confiscados coletes com explosivos e detonadores de granadas de mão", acrescentou a nota, ressaltando que três dos detidos são sírios e dois são turcos, ainda que não tenha esclarecido a que organização pertencem.

A Turquia sofreu nos últimos anos numerosos atentados suicidas de grande envergadura, com centenas de mortos, normalmente reivindicados pelo Estado Islâmico (EI).

O último atentado jihadista aconteceu na última virada de ano, quando um militante do EI, detido mais tarde, matou a tiros 39 pessoas em um discoteca de Istambul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos