Exército filipino declara cessar-fogo em Marawi por causa do Eid ul-Fitr

Manila, 25 jun (EFE).- O Exército da Filipinas declarou neste domingo, devido ao final do mês do Ramadã ou Eid ul-Fitr, um cessar-fogo de oito horas na cidade de Marawi (sul), ocupada parcialmente por jihadistas desde maio e cuja liberdade já deixa um saldo de pelo menos 375 mortos.

A medida permitirá aos muçulmanos de lá realizarem as orações matinais e a refeição do meio-dia que marcam o final do mês muçulmano do jejum, explicou hoje o tenente general Carlito Galvez, do Comando de Mindanao Ocidental, em entrevista à rádio "dzBB".

O militar acrescentou que não havia ruído de combates esta manhã e que se limitaram a consolidar as suas posições em Marawi, uma cidade com cerca de 200 mil habitantes pertencentes à província de Lanao do Sul, situada na ilha de Mindanao.

Galvez disse que respeitarão, enquanto os jihadistas não agirem, o cessar-fogo que declararam de forma unilateral por oito horas a partir das seis da manhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos