Presidente da Turquia desmaia em mesquita no final do Ramadã

Em Istambul (Turquia)

  • AP

    Erdogan deixa mesquita em Istambul após passar mal e desmaiar

    Erdogan deixa mesquita em Istambul após passar mal e desmaiar

O presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, sofreu neste domingo (25) um desmaio durante uma oração matutino por causa do final do Ramadã em uma mesquita de Istambul, informou o jornal "Hürriyet".

Segundo o jornal, o presidente desmaiou perto das 6h no horário local (1h em Brasília) em um templo muçulmano de Istambul, foi atendido pelos médicos que chegaram em uma ambulância e em poucos minutos pôde continuar a sua agenda prevista.

"Tive um pequeno problema de pressão, relacionado com minha diabete", disse o próprio Erdogan aos repórteres que foram à mesquita.

"Graças a Deus estou bem agora", acrescentou o presidente, de 63 anos e que é fundador e líder do governante conservador Partido de Justiça e Desenvolvimento (AKP), no poder desde 2002.

Um repórter do "Hürriyet" explicou que os guarda-costas de Erdogan chegaram com rapidez ao local, os médicos chegaram à mesquita e o presidente foi levado a outra sala do templo.

Os jornalistas não puderam chegar perto do templo até que o presidente turco saiu para falar com a imprensa após o breve incidente de saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos