Seis policiais ficam feridos em protesto após a morte de homem em Londres

Londres, 26 jun (EFE).- Seis policiais ficaram feridos e quatro manifestantes foram detidos em um protesto na noite de domingo no leste de Londres pela morte de um jovem negro em 21 de junho, que foi supostamente espancado quando estava sob custódia policial, confirmou nesta segunda-feira a polícia.

Dos seis agentes, quatro foram hospitalizados, entre eles um homm que sofreu "ferimentos no rosto" e uma mulher que foi atingida na cabeça, indicaram as forças da ordem.

A polícia apontou que quatro pessoas foram detidas, uma delas por supostos delitos de "desordem pública" e outras três sob suspeita de incendiar objetos e causar danos materiais.

A Polícia Metropolitana de Londres (Met) disse que durante o protesto, que começou pacificamente mas ficou violento posteriormente no bairro de Forest Gate, não houve "danos significativos à propriedade".

Tudo começou com uma marcha pacífica desde Forest Gate ao bairro de Stratford para denunciar a morte, supostamente em consequência de feridas causadas por agentes, do jovem de 25 anos Edir Frederico Da Costa.

Costa morreu seis dias após ter sido detido e supostamente espancado pela Polícia quando estava em seu carro com outras três pessoas, no bairro de Beckton, distrito de Newham, também no leste da capital britânica.

Os impulsores das campanhas "Justiça para Edson" e "As vidas de negros importam" acusam os agentes de ter quebrado o pescoço de Costa ao espancá-lo "brutalmente" após mandar parar o veículo.

No entanto, a Comissão independente de queixas à polícia (IPCC, em inglês), que investiga o caso, sustenta que a autópsia preliminar efetuada na quinta-feira indicou que não havia indícios de um "uso severo da força", ainda que reconhece que os agentes usaram algum tipo de força e um spray contra o jovem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos