Incêndio em edifício familiar no norte do Peru deixa 7 mortos

Lima, 27 jun (EFE). - Um incêndio em um prédio familiar na cidade de Chiclayo, no noroeste do Peru, deixou sete pessoas mortas, dez feridas e 22 atingidas de alguma forma nesta terça-feira, de acordo com o Centro de Operações de Emergência e o Corpo de Bombeiros.

O fogo começou ontem à noite no edifício de seis andares e que tinha um estoque de colchões no primeiro andar, o que dificultou a saída dos moradores.

O representante do Centro de Operações de Emergência, José Sono, confirmou à rádio "RPP Noticias" que "lamentavelmente sete pessoas faleceram" no incêndio, que aconteceu no distrito de José Leonardo Ortiz. Segundo ele, o prédio era usado como depósito de material inflamável, o que pode ter alimentado o incêndio depois de um aparente curto-circuito.

De acordo com o "Canal N", pelo menos dez pessoas, incluindo uma criança de dois anos, ficaram feridas. O fogo foi controlado hoje por quatro unidades do Corpo de Bombeiros. Pouco depois, peritos da Unidade de Criminalística da Polícia Nacional e representantes do Ministério Público entraram no imóvel para retirar os corpos e investigar as causas do ocorrido.

Nos últimos dias, incêndios semelhantes ao de Chiclayo aconteceram em Lima. O último deles foi na quinta-feira passada em loja de produtos de ferragens no centro da capital peruana. Acredita-se que quatro funcionários morreram, mas as autoridades ainda não conseguiram entrar no lugar porque o fogo continua ativo. EFE

mmr/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos