PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Eslováquia detecta desaparecimento de 300 mil unidades de munição em armazém

28/06/2017 10h51

Praga, 28 jun (EFE).- O Ministério de Defesa da Eslováquia detectou o desaparecimento de 300 mil unidades de munição de uso militar e esportivo de um armazém do exército em Sklene, no norte do país, informou nesta quarta-feira a emissora "Markyza".

Em abril, já desapareceram 120 granadas e dez projéteis de outro depósito militar, o que motivou a convocação de um plenário extraordinário do Parlamento.

Lubomir Galko, ministro de Defesa entre 2010 e 2011, apontou hoje ao jornal "Sme" que ambos os casos pode se tratar de uma sabotagem orquestrada pelo pessoal do Ministério do Interior para tratar de desmerecer rivais políticos.

O Ministério de Defesa está em mãos do Partido Nacional Eslovaco, enquanto o do Interior é controlado pelos seus parceiros governamentais do social democrata SMER.

A Eslováquia foi criticada no passado por ter se transformado em um dos principais fornecedores do mercado negro de armas, do qual fazem uso desde terroristas islamitas até a máfia italiana, devido à falta de controles e à busca de benefício econômico por parte de alguns empresários.

As armas usadas em vários ataques e atentados terroristas nos últimos anos, como algumas das utilizadas em Paris em janeiro de 2015, procediam da Eslováquia, onde tinham sido adquiridas legalmente após terem sido, em teoria, inutilizadas.

Internacional