ONU renova mandato de missão em Darfur, mas aprova redução de efetivo

Nações Unidas, 29 jun (EFE).- O Conselho de Segurança da ONU estendeu nesta quinta-feira por mais um ano o mandato da missão conjunta que mantém com a União Africana na região de Darfur (UNAMID), no Sudão, mas determinou uma progressiva diminuição de seus efetivos nos próximos anos.

Essa missão híbrida, que entrou em vigor em 31 de dezembro de 2007, é uma das maiores da ONU no mundo, com 15.845 militares e 3.403 policiais. O orçamento anual é de US$ 1 bilhão.

Darfur é palco de um conflito entre movimentos rebeldes e o Exército do Sudão desde 2003. O confronto já deixou mais de 300 mil mortos e obrigou 3 milhões de pessoas a deixar suas comunidades de origem, segundo dados da ONU.

Mas as Nações Unidas vêm registrando uma redução dos enfrentamentos na região, ainda que a situação permaneça frágil e que existam riscos em relação à tendência positiva atual.

Com essa ressalva, o Conselho de Segurança decidiu que a UNAMID reduzirá progressivamente o número de militares em duas fases, que começarão o segundo semestre deste ano.

"A situação segue sendo frágil, mas a evolução da UNAMID tem que se adaptar à realidade", afirmou um dos embaixadores da missão do Reino Unido na ONU, Peter Wilson.

"Não vamos retirar os olhos de Darfur", reforçou o diplomata.

A resolução aprovada hoje, apresentada pelo Reino Unido, estende o mandato da UNAMID até 30 de junho de 2018 e encarrega a missão que foque seus esforços em reconstruir povoados e instituições nas regiões estabilizadas no Sudão.

Mas também determina que, progressivamente, o número de militares chegue a 11.395 e de policiais a 2.888 nos próximos seis meses. A partir de janeiro do próximo ano, haverá nova redução, passando para 8.375 militares e 2.500 policiais.

Essa redução foi uma das recomendações feitas pela ONU e pela União Africana na revisão feita nos últimos meses sobre a UNAMID e coincide com os esforços para buscar um novo foco para as missões de paz das Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos