Diretor de inteligência acusado é promovido a general em chefe na Venezuela

Caracas, 30 jun (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, promoveu nesta sexta-feira o diretor do Serviço de Inteligência, Gustavo González López, para general em chefe do exército, no mesmo dia em que o militar foi acusado pelo Ministério Público (MP) por supostamente violar os direitos humanos durante operações policiais.

"Anuncio hoje que decidi, major general González López, chefe do Sebin, que capturou os terroristas, os assassinos, que os entrega ao MP e o MP solta, decidi (...) promovê-lo a general em chefe do exército bolivariano", disse Maduro em um ato com militantes chavistas em Caracas.

O presidente disse que o MP "é cúmplice da violência criminal" nas manifestações antigovernamentais convocadas pela oposição venezuelana desde 1º de abril e que já deixou 81 mortos, além de centenas de feridos e detidos até agora.

"Eu quero que nosso povo apoie decididamente nas ruas estes dois corajosos patriotas que defenderam a paz da república e que têm todo o meu apoio", disse Maduro, ao também se referir ao ex-chefe da Guarda Nacional (GNB, polícia militar) Antonio Benavides, que também foi acusado pelo Ministério Público.

Pouco antes, o vice-presidente venezuelano, Tareck El Aissami, acusou a procuradora-geral do país, Luisa Ortega Díaz, de dirigir um golpe de Estado contra o governo de Maduro e saiu em defesa de González López e Benavides, a quem chamou de "venezuelanos dignos" e "homens exemplares".

A procuradora-geral se distanciou do governo nos últimos meses ao denunciar a ruptura da Constituição por parte do Supremo Tribunal e, depois, ao rejeitar a intenção de Maduro de modificar a Carta Magna.

O Supremo iniciará os trâmites de um processo contra a procuradora-geral na próxima terça-feira, enquanto Luisa Ortega assegurou que não reconhece o Poder Judiciário, pois o mesmo "está desmantelando o Estado".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos