Dezenas de jihadistas são detidos quando escapavam de Mossul entre os civis

Mossul (Iraque), 2 jul (EFE).- Dezenas de jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) foram detidos nas últimas horas pelas forças iraquianas quando tentavam escapar misturados entre os civis na cidade de Mossul, no norte do Iraque, informou hoje uma fonte militar.

"A cooperação dos moradores de Mossul conseguiu que as forças da Polícia Federal detivessem dezenas de terroristas que deixaram as armas e tentaram fugir infiltrados entre os deslocados", disse em um comunicado o comandante da Polícia Federal, Raide Shaker Yaudat, sem detalhar o número.

Os extremistas tentaram se camuflar entre os civis que fugiam do centro antigo da cidade iraquiana, o último reduto do grupo jihadista em Mossul.

Segundo pôde constatar a Agencia Efe no centro histórico, as forças iraquianas fazem um cansativo controle nos homens que chegam através dos corredores seguros, e lhes revistam para inspecionar se levam algum tipo de artefato explosivo, inclusive os seus computadores.

Neste processo, a organização Human Rights Watch (HRW) denunciou há dois dias que as unidades militares cometem "abusos e execuções" com estas pessoas que fogem, com base nos testemunhos dos moradores. EFE

ja-ijm/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos