Boko Haram mata 9 civis e sequestra 40 no Níger

Niamey, 3 jul (EFE). - Pelo menos nove civis morreram e outros 40 foram sequestrados durante um ataque do grupo terrorista Boko Haram ontem à noite contra um povoado de Diffa, no sudeste do Níger, informaram fontes locais nesta segunda-feira.

A rádio "Dounia", com sede na capital do Níger, Niamey, relatou que "os elementos da seita (Boko Haram), chegaram em camelos, pouco antes de meia-noite, dispararam em nove pessoas e sequestraram mulheres e crianças antes de fugir". Ainda não se sabe o número exato de criminosos nem o paradeiro deles.

A região de Diffa, na fronteira com a Nigéria, acolhe mais de 200 mil refugiados nigerianos e deslocados internos e desde fevereiro de 2015 sofre ataques e incursões do Boko Haram.

O novo ataque acontece em um momento em que as autoridades de Diffa aceitam praticamente todos os meses membros do Boko Haram que reconsideram os seus atos, como parte de um programa de desradicalização e reinserção social dos jihadistas arrependidos.

Desde o anúncio deste programa, em dezembro do ano passado, 150 dissidentes do Boko Haram já se entregaram para se beneficiar da anistia e dos planos prometidos pelo governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos