EI identifica suicida que matou 16 pessoas no oeste do Iraque

Bagdá, 3 jul (EFE).- O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) identificou nesta segunda-feira o suicida que cometeu um ataque ontem à noite contra um acampamento de deslocados, no oeste do Iraque, que deixou pelo menos 16 mortos e 18 feridos.

O grupo terrorista detalhou que o jihadista se chamava Abu Obaida al Iraqui e divulgou sua foto em um de seus perfis na rede Telegram, na qual ele aparece segurando uma arma e com o rosto coberto.

O EI afirma que Iraqui fez "a operação de martírio contra o exército dos apóstatas na região de Al Kilo 60, a oeste de Ramadi, capital da província Al Anbar".

Uma fonte de segurança disse à Agência Efe que pelo menos 16 pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas no ataque, que foi cometido na entrada do acampamento de deslocados.

Ao todo, 14 pessoas morreram na hora, entre elas cinco crianças e um policial, e outras duas morreram hoje, ao não resistirem aos ferimentos.

Outras seis vítimas continuam em estado grave e estão recebendo cuidados intensivos.

Após o ataque, os deslocados neste acampamento foram levados para outras instalações, situadas na região Al Kilo 18, a oeste de Ramadi, disse a fonte, que não especificou o número de pessoas.

Atualmente, o exército iraquiano está lutando contra os jihadistas no norte do país para expulsar o EI do centro antigo de Mossul, o seu último reduto urbano no Iraque.

O EI conquistou amplas partes do norte, do centro e do oeste do Iraque em 2014, mas perdeu a maioria dos seus domínios após o avanço das forças governamentais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos