Mais 5 norte-coreanos desertam para a Coreia do Sul

Seul, 3 jul (EFE).- Cinco norte-coreanos cruzaram este fim de semana a fronteira marítima que separa seu país da Coreia do Sul e mostraram intenção de desertar, no que representa o quinto caso deste tipo em apenas um mês.

"As autoridades estão neste momento realizando os interrogatórios (a estas cinco pessoas) como determina a lei", confirmou hoje à Agência Efe uma porta-voz do Ministério de Unificação sul-coreano.

Aparentemente os cinco - quatro homens e uma mulher - atravessaram em um pesqueiro no sábado a fronteira marítima entre os países no Mar de Japão (chamado "Mar do Leste" nas duas Coreias) e ao serem localizados expressaram unanimemente a sua intenção de desertar, segundo relatou a Guarda Costeira sul-coreana para a imprensa local.

Acredita-se que possa se tratar dos membros de uma só família, cujos homens se dedicariam à pesca (as mulheres norte-coreanas não são autorizadas a embarcar em pesqueiros).

É a segunda vez que acontece uma deserção em barco este ano, depois que no dia 3 de junho um pai e um filho também cruzaram a fronteira marítima oriental entre as duas Coreias, que continuam tecnicamente em guerra, já que o conflito entre ambas (1950-1953) terminou com um armistício em vez de um tratado de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos