Explosão de gás metano em mina na Rússia deixa pelo menos quatro mortos

Moscou, 7 jul (EFE).- Pelo menos quatro trabalhadores morreram por causa de uma explosão de gás metano que ocorreu nesta sexta-feira em uma mina da cidade russa de Norilsk, no Círculo Polar ártico, segundo informou a empresa proprietária "Nornickel".

"De acordo com os dados preliminares, o número de mortos por causa da explosão é de quatro", apontou em um comunicado Nornickel, um gigante mineiro metalúrgico que é o primeiro produtor mundial de moeda de pouco valor e paladio.

Segundo fontes dos serviços de emergência, outros três mineiros ficaram feridos no fato, que aconteceu na mina "Zapoliarni".

Outros 150 trabalhadores foram evacuados da galeria afetada pela explosão.

O Comitê de Instrução da região de Krasnoyarsk, à qual pertence a cidade de Norilsk, abriu uma investigação para determinar as causas do fato e se houve violação das normas de segurança.

As equipes de resgate descobriram os corpos de quatro mineiros ao descer no local e "a identidade das vítimas está sendo determinada", informou o Comitê de Instrução.

O complexo mineiro "Zapoliarni" produz minerais de cobre e moeda de pouco valor.

A cidade siberiana de Norilsk está situada no Ártico russo e vive principalmente da atividade mineira que é desenvolvida pela empresa Nornickel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos