Chanceler argentino visitará Brasil para analisar situação do Mercosul

Brasília, 13 jul (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, receberá amanhã seu colega argentino, Jorge Faurie, para analisar a situação do Mercosul, cuja presidência rotativa será assumida pelo Brasil na próxima semana, informaram hoje fontes oficiais.

A presidência semestral do bloco será passada pela Argentina ao Brasil na cúpula que acontecerá em Mendoza no próximo dia 21, da qual o presidente Michel Temer deve participar, apesar de sua delicada situação política e jurídica.

Segundo um comunicado divulgado pela chancelaria, Nunes e Faurie analisarão "os próximos passos do processo de integração regional" do Mercosul, integrado por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, e do qual a Venezuela foi suspensa e "cessada dos seus direitos".

Na frente externa do Mercosul, a nota diz que terá relevância especial a análise que os chanceleres farão das negociações para um acordo de livre comércio com a União Europeia (UE), que é discutido há mais de uma década.

Nos planos bilateral, Nunes e Faurie revisarão diversas ações de integração comercial adotadas em fevereiro deste ano, bem como discutirão os planos de segurança fronteiriça que existem entre os dois países.

A Argentina é atualmente o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, que é por sua vez um dos principais destinos das exportações do país vizinho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos