Morrem policiais israelenses feridos em ataque em Jerusalém

Jerusalém, 14 jul (EFE).- Os dois policiais israelenses feridos por arma de fogo no ataque deste sexta-feira, na Cidade Velha de Jerusalém, morreram horas depois no hospital, confirmou a Polícia local.

Os agentes da Polícia de Fronteira, que tinham sido levados gravemente feridos ao hospital Hadassah, foram identificados como Hail Satawi, de 30 anos, e Kamil Shanan, de 22.

Um terceiro agente de 39 anos, levemente ferido, está sendo tratado no hospital Shaare Zedek de Jerusalém.

Pela manhã, três árabes israelenses abriram fogo contra as forças de segurança perto da Porta dos Leões perto da Esplanada da Mesquita, no leste ocupado de Jerusalém.

Após os disparos contra os agentes, um dos agressores tentou escapar e entrou no pátio da Esplanada das Mesquitas onde foi baleado por agentes da Polícia.

Os três agressores, árabes entre 19 e 29 anos com cidadania israelense e originários de Umm al Fahm, da província de Haifa, foram mortos no incidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos