Começa contagem de votos do plesbicito da oposição na Venezuela

Caracas, 16 jul (EFE). - Reitores das principais universidades da Venezuela, que prestam apoio ao processo de consulta popular dos opositores sobre a Assembleia Nacional Constituinte proposta pelo presidente Nicolás Maduro, anunciaram o fim da votação e o início da apuração dos votos, que será manual.

"Queremos anunciar que a esta hora, às 19h (horário local, 20h em Brasília), todas as mesas de todos os pontos soberanos encerraram seus trabalhos e a maioria delas já está procedendo a contagem manual", anunciou o reitor da Universidade Metropolitana, Benjamín Scharifker.

Com isto se completaram aproximadamente 12 horas de funcionamento das aproximadas 14 mil mesas dispostas em todo o país para o processo, disse Scharifker, dizendo também que "em muitas das mesas dos centros soberanos houve a necessidade de prorrogar o tempo de abertura porque ainda havia pessoas".

"Os responsáveis pelo processo começaram a receber os dados na sala de recontagem e os opositores anteciparam resultados preliminares em pouco tempo", assegurou o reitor.

"Nós esperamos que em um breve lapso de tempo já possamos fornecer informação acerca dos níveis de participação e totalização que estão sendo fornecidos pelos diferentes monitores", afirmou o reitor.

Scharifker desejou que estes resultados possam orientar a Venezuela "a fazer valer a vontade das pessoas, que é o objetivo deste dia: saber o que os venezuelanos querem", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos