Colômbia vai investigar campanha de Zuluaga por ligação com a Odebrecht

Bogotá, 17 jul (EFE).- O Conselho Nacional Eleitoral da Colômbia (CNE) abriu nesta segunda-feira uma investigação administrativa contra Óscar Iván Zuluaga, candidato derrotado nas eleições presidenciais de 2014, por ter supostamente recebido doações da Odebrecht em sua campanha.

"O plenário do CNE tomou a decisão de ordenar a abertura de investigação administrativa e a formulação de acusações contra o gerente, o candidato, o auditor e um grupo significativo de cidadãos da campanha presidencial do senhor Óscar Iván Zuluaga para o período 2014-2018", indicou o órgão em comunicado.

O Ministério Público da Colômbia confirmou na última semana que a Odebrecht contribuiu com dinheiro para as campanhas do atual presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e Zuluaga, seu principal adversário, na campanha de 2014.

"Todos os elementos probatórios de natureza testemunhal e documental que a Promotoria tem sob seu poder até a data permitem concluir que, com relação à campanha presidencial 2014-2018, a Odebrecht assumiu custos relacionados com a mesma", concluiu o relatório enviado pelos promotores ao CNE.

Com essa medida tomada hoje, o CNE iniciará uma nova etapa processual para receber provas que permitam estabelecer as supostas irregularidades praticadas.

Na documentação enviada ao CNE, a Promotoria da Colômbia disse que a campanha de Zuluaga recebeu US$ 1,6 milhão da Odebrecht, dinheiro que foi pago através do publicitário Duda Mendonça.

Com os relatórios da Promotoria e suas próprias investigações, será o CNE o encarregado de determinar se as campanhas de Santos e Zuluaga violaram a lei colombiana em 2014 ao receber dinheiro da Odebrecht. A legislação local proíbe que os candidatos recebam doações de empresas estrangeiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos