Polícia de Paris firma acordo para reforçar segurança dos turistas

Paris, 17 jul (EFE).- A polícia de Paris firmou nesta segunda-feira com diferentes entidades públicas e privadas um acordo destinado a reforçar a segurança dos turistas na capital francesa, que inclui medidas de prevenção, proteção e atendimento das eventuais vítimas.

O acordo foi assinado por 20 instituições, como os museus do Louvre e de Orsay, a Torre Eiffel, a prefeitura de Paris, o comitê de comércios da Champs-Elysees, a Câmara Parisiense de Comércio e Indústria e a empresa de artigos de luxo LVMH.

O plano contempla o lançamento patrulhas específicas e de um Grupo de Ação Turística para monitorar o território e aponta que, em caso de perigo ou de crise, pode pedir aos agentes de segurança privada que se juntem ao dispositivo desdobrado.

O programa se apoia igualmente nas imagens das câmeras de segurança capturadas por estabelecimentos privados para favorecer a proteção e a intervenção dos serviços especializados caso seja necessário.

O acordo tem validade de um ano e conta com um representante para cada um dos signatários, encarregado da sua coordenação e implementação.

A polícia lembra que Paris é "a cidade mais visitada do mundo, com cerca de 40 milhões" de turistas por ano, e ressalta que o turismo é "um setor essencial" para a economia local, acometido desde 2015 pelos diversos atentados terroristas na França.

"Paris é uma cidade segura, e para continuar sendo e ser ainda mais, a segurança dos visitantes é uma preocupação compartilhada pelo conjunto de atores institucionais e privados", conclui.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos