Bombardeio da coalizão árabe no Iêmen mata 20 civis

Sana, 18 jul (EFE).- Pelo menos 20 civis, entre eles crianças, morreram nesta terça-feira em um bombardeio da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita sobre uma cidade do sudoeste do Iêmen, informou a agência de notícias estatal "Saba", que é controlada pelos rebeldes houthis.

A agência disse que os aviões da coalizão destruíram três edifícios em Al Atira, na província de Taez, e também deixaram feridos, cujo número não foi especificado.

O ataque aéreo aconteceu na região de Mauzaa, que vem sendo palco de violentos confrontos entre os houthis e as forças que apoiam o presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi.

A coalizão árabe intervém militarmente no Iêmen em apoio às forças pró-Hadi e contra os houthis, que controlam a capital, Sana, além de amplas regiões do norte e oeste do país.

Anteriormente, a aliança de países árabes e sunitas foi acusada de bombardear alvos civis, incluindo escolas e hospitais, mas seus líderes sempre negaram ter atingido de forma intencional infra-estruturas ou propriedades particulares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos