Sede da ONU em Nova York é evacuada após alarme de incêndio ser ativado

Nações Unidas, 18 jul (EFE).- A sede central das Nações Unidas em Nova York foi esvaziada nesta terça-feira por cerca de meia hora depois que o alarme de incêndio foi ativado, mas um porta-voz da organização confirmou que não havia qualquer sinal de fogo.

Todas as pessoas que estavam na sede da organização em Nova York, cerca de 2 mil, foram convidadas a deixar o complexo pouco depois das 11h locais (12h de Brasília), e seu retorno só foi permitido meia hora depois.

O porta-voz Farhan Haq informou que o alarme foi ativado no segundo subsolo do complexo, em uma das salas dos ventiladores. "Tivemos que ordenar a evacuação como precaução em caso de incêndio", acrescentou Haq.

No entanto, após uma inspeção, confirmou-se "que não havia fogo", por isso foi permitido o retorno das pessoas que tiveram que deixar o recinto.

"Para nós ficou claro que não havia uma ameaça para as pessoas" que estavam na sede, acrescentou o porta-voz, que atribuiu o ocorrido a algum problema no alarme de incêndio da sala dos ventiladores que garantem que não haja o superaquecimento dos equipamentos instaladas no complexo.

O alarme obrigou ao Conselho de Segurança a encerrar sua sessão, na qual eram discutidos temas vinculados à missão da ONU no Haiti, e os representantes dos 15 países tiveram que deixar a sala.

Também foram evacuados os outros recintos do Secretariado, do edifício principal, e de outros escritórios que fazem parte do complexo das Nações Unidas em Nova York.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos