Forças iraquianas matam 8 membros do EI em confronto no sul de Mossul

Bagdá, 19 jul (EFE).- Pelo menos oito jihadistas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram nesta quarta-feira em confrontos com as forças de segurança do Iraque, que perderam três homens na ação, que ocorreu ao sul da cidade de Mossul.

Sete soldados também ficaram feridos no enfrentamento entre militares e policiais iraquianos contra os jihadistas na localidade de Emam al Garbi, na região de Al Qayara, ao sul de Mossul, disse uma fonte de segurança à Agência Efe.

Além disso, a fonte afirmou que os combates continuam na região, invadida pelo EI há duas semanas. O grupo terrorista tinha sido expulsado de Emam al Garbi em agosto de 2016.

A localidade de Emam al Garbi é uma das maiores da região de Al Qayara, situada no sul de Mossul, que até pouco tempo foi o principal reduto do EI no Iraque.

Desde sua expulsão total da cidade na última semana, o EI lançou contra-ataques na região e ainda domina algumas áreas ao oeste de Mossul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos