Tribunal ordena prisão preventiva de produtor de filme sobre golpe na Turquia

Istambul, 19 jul (EFE).- Um tribunal de Istambul decretou nesta quarta-feira a prisão preventiva de Ali Avci, um produtor cinematográfico que estava prestes a lançar um filme inspirado no fracassado golpe militar do ano passado na Turquia, segundo informou o jornal "Sabah".

Avci tinha sido detido há uma semana por suspeitas de vínculos com a confraria do pregador Fethullah Gülen, a quem o governo turco responsabiliza pela tentativa de golpe.

A procuradoria o acusa agora de delitos "encaminhados a estabelecer um grupo armado", assegurou o "Sabah".

Avci estava produzindo o filme "Uyanis" ("Despertar"), que recriava o golpe de Estado, supostamente para enaltecer a resistência popular contra o levante.

Segundo se desprende de um trecho do filme divulgado na internet, a produção recria o golpe com eventos que não aconteceram, incluindo bombardeios de mesquitas e massacres com armas automáticas dentro do que foi retratado como sendo palácio presidencial.

O trecho termina com um geral colocando uma pistola na cabeça do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, enquanto este está rezando, algo que nunca ocorreu.

Esta cena suscitou numerosos protestos nas redes sociais por parte de aliados do presidente, que a consideravam humilhante para o chefe de Estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos