Venezuela terá zonas de votação de contingência para Constituinte de Maduro

Caracas, 19 jul (EFE).- O Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE) informou nesta quarta-feira que abrirá zonas de votação de contingência para garantir que eleitores de seções com "graves alterações da ordem pública" possam votar na eleição da Assembleia Nacional Constituinte, marcada para 30 de julho.

A presidente do CNE, Tibisay Lucena, disse que uma dessas zonas será montada em Caracas para os eleitores do município de Libertador, governado pelo chavismo. Outros estarão em Baruta e El Hatillo, considerados redutos da oposição.

"São medidas pouco usuais porque estamos vivendo tempos pouco usuais de violência nunca antes vista do país", disse Lucena.

O CNE identificou pelo menos 750 seções eleitorais com potenciais riscos para o dia da Constituinte devido os protestos contra o governo que já duram mais de cem dias e já deixaram 96 mortos.

Outra medida tomada pelo CNE para proteger o voto dos cidadãos, segundo Lucena, é permitir que pessoas que vivem em potenciais zonas de conflito possam votar em qualquer seção nos seus municípios.

O órgão ampliará as medidas de segurança e usará "os meios necessários" para "preservar a tranquilidade e a transparência do processo eleitoral nessas circunstâncias", segundo Lucena.

A presidente da CNE antecipou que o Plano República, um dispositivo militar para garantir as eleições da Assembleia Constituinte, será aplicado no fim de semana nas 14 mil seções eleitorais. Segundo ela, isso permitirá "proteger o direito ao voto e os direitos humanos" no dia 30 de julho.

Através da Constituinte, um processo que foi criticado pela oposição e a comunidade internacional, serão escolhidos 545 representantes para redigir uma nova Carta Magna para o país.

A coalizão de oposição Mesa da Unidade Democrática (MUD) considera o processo como uma tentativa de Maduro de permanecer o poder e "consolidar uma ditadura".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos