Combates no leste da Ucrânia deixam pelo menos 9 militares mortos

Kiev, 20 jul (EFE).- Pelo menos nove militares ucranianos morreram e outros cinco ficaram feridos nas últimas 24 horas em combates com as milícias pró-Rússia no leste do país, informou nesta quinta-feira o Ministério de Defesa da Ucrânia.

Segundo o porta-voz dessa pasta, Andrei Lisenko, os separatistas dispararam contra tropas ucranianas com morteiros, artilharia de 122 milímetros de calibre, tanques e sistemas de mísseis Grad.

Lisenko acrescentou que as milícias "tentaram lançar uma ofensiva" que foi freada por fogo ucraniano.

A intensificação dos enfrentamentos acontece depois que nesta semana o chefe da separatista República Popular de Donetsk,Aleksandr Zakharchenko, proclamou a criação de Malorossiya (Pequena Rússia) como um novo Estado pró-Rússia no território de toda a Ucrânia, exceto a Criméia.

O anúncio dos separatistas ucranianos não encontrou respaldo no Kremlin, que reiterou seu apoio aos Acordos de Minsk que respeitam a integridade territorial da Ucrânia e qualificou como "iniciativa pessoal" as palavras de Zakharchenko.

Segundo dados da ONU, nos três anos de conflito nas regiões orientais ucranianas morreram mais de 10.000 pessoas, entre combatentes e civis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos