Operação antiterrorista contra EI no Paquistão deixa saldo de 14 mortos

Islamabad, 20 jul (EFE).- Pelo menos 13 supostos terroristas e um soldado morreram na operação que o Exército do Paquistão começou no domingo contra o Estado Islâmico (EI) em regiões tribais do país na fronteira com o Afeganistão, informou hoje uma fonte oficial.

"Até agora 13 terroristas foram abatidos e seis feridos. Durante a troca de tiros o soldado Abdul Jabbar deu a sua vida pela pátria", informou o escritório de comunicação do Exército (ISPR) em um comunicado.

Segundo a nota, as tropas limparam 90 quilômetros quadrados no vale de Rajgal, na operação "Khyber4", na área tribal de mesmo nome.

O ISPR afirmou que foram recuperados artefatos explosivos e que a aviação e a artilharia destruíram vários refúgios de terroristas.

A operação "Khyber 4" começou no domingo passado na região tribal de Khyber com o objetivo de enfrentar o EI, cuja presença no país as autoridades paquistanesas negavam até pouco tempo atrás.

Segundo os militares paquistaneses, o EI tem se estabelecido no Afeganistão e ameaça seu território.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos