Poluição piora na China durante primeira metade de 2017

Pequim, 20 jul (EFE).- Os níveis de poluição nas cidades chinesas pioraram na primeira metade deste ano a respeito do mesmo período de 2016, devido principalmente à grave presença de nevoeiro em janeiro e fevereiro, segundo dados do Ministério de Proteção Ambiental da China divulgados hoje.

Em média, 25,9% dos dias nos primeiros seis meses do ano não tiveram uma boa qualidade de ar nas 338 principais cidades do país, 2,6 pontos percentuais mais que no mesmo período de 2016.

As temperaturas frias em janeiro e fevereiro, que fizeram disparar o uso de carvão para calefação, foram segundo o porta-voz do ministério, Liu Youbin, a principal razão deste aumento, que não pôde ser atenuado com a melhora da qualidade de ar entre abril e junho, quando aumentaram as inspeções contra empresas contaminantes.

Em Pequim, uma das capitais mais poluídas do mundo, apenas 55,3% dos dias da primeira metade de ano tiveram qualidade de ar "bom", frente a 61,1% do primeiro semestre do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos