Ataque em assentamento na Cisjordânia deixa 3 israelenses mortos e 1 ferido

Jerusalém, 21 jul (EFE). - Um ataque com arma branca em um assentamento no norte do território palestino ocupado da Cisjordânia terminou com três israelenses mortos e outro gravemente ferido, informou o Exército de Israel.

"Há pouco, um assaltante se infiltrou em uma moradia do assentamento na comunidade de Neveh Tzuf (também chamada Halamish), ao noroeste de Ramala, e esfaqueou quatro civis israelenses", afirmou o órgão em comunicado.

Ainda conforme a nota, os militares atiraram no autor da ação, mas não foi revelado se ele morreu. Uma porta-voz do Exército informou à Agência Efe que a identidade do indivíduo ainda está sendo investigada, mas já se sabe que "é palestino".

De acordo com o serviço de emergência Magen David Adom (MDA), entre as vítimas há dois homens, de 40 e 60 anos, e uma mulher, de 40. A pessoa ferida seria uma mulher de 60 anos e que foi hospitalizada.

"Quando entramos na casa identificamos quatro vítimas no chão, com ferimentos de arma branca. Três estavam inconscientes, não respiravam e estavam com parada cardíaca. Começamos imediatamente a tentar reanimá-los", descreveu Ehud Amiton, da unidade que foi ao local.

O caso acontece em um dia de violência no qual três palestinos morreram e 450 ficaram feridos, além de quatro policiais, nos protestos de fiéis muçulmanos contra as novas medidas de segurança e restrições impostas por Israel na Esplanada das Mesquitas. Essas regras entraram em vigor depois do ataque do dia 14, quando dois agente e três agressores morreram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos