Palestinos ficam feridos em confrontos em torno da Esplanada das Mesquitas

Jerusalém, 21 jul (EFE).- Pelo menos 20 palestinos ficaram feridos - um deles em estado grave - e outros tantos foram detidos nos incidentes que seguiram hoje à oração de protesto muçulmano por causa da instalação de detectores de segurança e restrição de acesso à Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental.

"Ainda não terminaram os distúrbios. Atendemos 11 vítimas no hospital de campanha instalado, outros quatro feridos foram enviados ao hospital palestino de Makased, dois deles com prognóstico sério, um por bala de borracha e o outro por granada", disse à Agência Efe Mohamed Setiani, porta-voz no Jerusalém do serviço de emergências Crescente Vermelho.

Um palestino com ferimentos graves pelo impacto de uma lata de gás lacrimogêneo que tinha sido levado ao hospital de Makased, foi depois transferido ao israelense de Hadasa.

A estes se somam 29 pessoas atendidas por inalação de gás lacrimogêneo e outras quatro que sofreram queimaduras.

Vários ficaram feridos nos confrontos registrados nos bairros de Aisariya e Abu Dis, onde a Polícia tentou dispersar manifestantes que lhes jogaram pedras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos