Irã inaugura nova linha de produção em massa de mísseis

Teerã, 22 jul (EFE).- O ministro de Defesa do Irã, o general Hussein Dehqan, inaugurou neste sábado uma nova linha de produção em massa de um míssil denominado Sayad-3, de projeto e fabricação local, em meio ao aumento da tensão com os Estados Unidos.

Durante a cerimônia, Dehqan explicou que estes mísseis terra-ar têm um alcance de 120 quilômetros e podem chegar a uma altitude de 27 quilômetros, segundo o discurso publicado pelos meios oficiais iranianos.

Com estas qualidades são capazes de "resistir a ameaças aéreas de médio e longo alcance", segundo o ministro, lembrando que o objetivo do seu departamento é desenvolver e modernizar os seus sistemas de defesa aérea.

Dehqan destacou que os mísseis Sayad-3 foram projetados com "tecnologia de ponta a nível mundial" e são equipados com sofisticados sistemas de detecção e de raios infravermelhos.

Entre as ameaças que podem combater estão os veículos aéreos não tripulados, mísseis de cruzeiro e helicópteros.

Durante a cerimônia foi entregue à base da Defesa Aérea Jatam al Anbia, em Teerã, vários mísseis de longo alcance fabricados pela Divisão Aeroespacial do Exército.

O Irã fez importantes avanços no seu setor de defesa nos últimos anos, ainda que sempre tenha sustentado que sua capacidade militar é de dissuasão e não representa uma ameaça para outros países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos