Exército israelense detém líderes do Hamas na Cisjordânia

Ramala (Cisjordânia), 23 jul (EFE).- O Exército de Israel deteve na noite de sábado nove membros do movimento islamita Hamas na Cisjordânia, segundo confirmou à Agência Efe um porta-voz militar sem informar seus nomes.

"No total foram detidas 29 pessoas das quais nove pertenciam ao Hamas durante as operações na Judeia e na Samaria (denominação israelense de Cisjordânia)", explicou o Exército.

Entre os detidos está o ex-ministro e parlamentar palestino Omar Abdel Razek, que foi preso na sua cidade de residência Salfit, no centro da Cisjordânia, segundo a agência "Maan News".

Também foram detidos Shaker Amara de Jericó, Nedal Abu Rumileh, Omar Hanbali, Ali Lolah e Abdulsalam Abu Heya de Nablus; Ashraf Daraghmeh e Mahmoud Mardawi de Tubas; e Omar Hanbali de Jenin.

As detenções aconteceram em um momento de aumento da tensão e da violência desencadeada por protestos contra as novas medidas de segurança e restrições impostas por Israel em torno da Esplanada das Mesquitas, após o ataque do dia 14 em que morreram dois policiais e os seus três agressores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos