Farc se dispõem a contar verdades sobre conflito armado para reforçar paz

Bogotá, 24 jul (EFE).- A guerrilha das Farc se declarou nesta segunda-feira disposta a contar as verdades sobre o conflito no qual enfrentou durante mais de cinco décadas o governo colombiano, como uma forma de alcançar uma "paz sobre fundamentos sólidos" no país.

"A grande preocupação é consolidar a paz na Colômbia", declarou o ex-chefe da equipe negociadora das Farc com o governo, Luciano Marín Arango, conhecido "Iván Márquez", em uma entrevista coletiva em Bogotá.

O líder das Farc destacou que um aspecto que interessa a todos os colombianos "é a verdade" e se referiu a uma reunião que que teve na última quarta-feira junto a outros chefes guerrilheiros com delegados das Autodefesas Unidas Colombianas (AUC), antigos inimigos no conflito armado, na qual conversaram sobre a reparação às vítimas e a necessidade de desvincular as armas da política.

Sobre o encontro, realizado na Casa Provincial dos Jesuítas de Bogotá, "Márquez" disse que foi um diálogo muito respeitoso que teve como eixo a verdade e sua importância na construção de paz.

"Acredito que a conversa ocorreu de maneira muito respeitosa e procurou deixar clara a verdade, a verdade é o que nos fará livres e a coluna vertebral da Justiça Especial para a Paz", disse o ex-chefe da equipe negociadora das Farc.

As guerrilhas de esquerda e os grupos paramilitares criados para combatê-las protagonizaram durante anos fortes enfrentamentos pelo controle territorial que deixaram centenas de vítimas na Colômbia.

"As vítimas devem saber a verdade. Nós não vemos nenhum inconveniente nisso, eu acredito que nossos interlocutores tampouco e isso faz bem ao país", acrescentou "Márquez".

As Farc assinaram em novembro do ano passado um acordo de paz com o governo e atualmente fazem seu trânsito para a vida em sociedade, enquanto as AUC foram desmobilizadas em 2006, três anos após ter assinado um acordo com o governo do então presidente Álvaro Uribe. EFE

jga/cs

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos