Cuba reforça aposta em energias renováveis na Expo Astana

Astana, 26 jul (EFE).- O presidente da Câmara de Comércio de Cuba, Orlando Nicolás Hernández, apostou nesta quarta-feira em incrementar a cota de energias renováveis no seu país durante sua visita à Expo Astana 2017 por ocasião do Dia de Cuba.

"As expectativas para o ano 2030 é que a produção energética mediante fontes renováveis alcance 24% e substitua assim 1,75 milhão de toneladas de combustível, com o que se deixariam de ser emitidas à atmosfera seis milhões de toneladas de dióxido de carbono a cada ano", disse Hernández.

"Estamos na Expo Astana para aprender, para atualizar-nos com as experiências de outros países e para conhecer as tecnologias mais avançadas. Tudo isso nos permitirá avançar nos nossos objetivos para 2030", acrescentou.

A esse respeito, o vice-ministro de Exteriores do Cazaquistão, Akylbek Kamaldinov, elogiou a meta do país caribenho, assegurando que coincide totalmente com o tema e os objetivos da Expo Astana.

"Acreditamos que há um grande potencial para uma maior cooperação entre o Cazaquistão e Cuba no campo das energias renováveis e da eficiência energética", declarou Kamaldinov.

O presidente da Câmara de Comércio cubana falou também sobre o enfraquecimento das relações bilaterais com os Estados Unidos com a chegada de Donald Trump ao poder.

"O presidente americano anunciou por meio de um show que retornaram para os tempos da mais direta confrontação com o nosso país e que se reverteriam alguns avanços alcançados no processo de normalização dos vínculos bilaterais", destacou Hernández.

"Qualquer estratégia dirigida a mudar o sistema politico, econômico e social em Cuba mediante pressões ou imposições estará condenada ao fracasso. Cuba conta com a determinação do seu povo e o apoio da comunidade internacional perante esta injusta, obsoleta e repudiada política", completou.

O Dia Nacional de Cuba na Expo Astana contou com o programa musical "Ritmos de Cuba" e concluirá com um desfile de carnaval no pavilhão América Latina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos