Milícias curdas controlam quase 50% da cidade síria de Al Raqqa

Cairo, 26 jul (EFE).- As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias curdas que conta com o apoio dos Estados Unidos, já conseguiram assumir o controle de quase 50% da cidade da Al Raqqa, no nordeste da Síria, o principal reduto do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Nas últimas 24 horas, as milícias tomaram a metade do bairro estratégico de Nazlet al Shihada, no sul da cidade de Al Raqqa e adjacente ao rio Eufrates e, com isso, as FSD recuperaram quase 50% da cidade, acrescentou o OSDH.

O Observatório indicou que as FSD, que contam com o apoio da aviação da coalizão internacional e das forças especiais americanas, atacaram várias posições dos combatentes do EI e causaram baixas em suas fileiras, mas não ofereceram números.

Na última segunda-feira, o OSDH havia indicado que as FSD já controlavam 41% da superfície de Al Raqqa, onde iniciaram uma ofensiva no dia 6 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos