Polícia prende proprietário de prédio que caiu e matou 17 pessoas na Índia

Nova Délhi, 26 jul (EFE).- A polícia da Índia informou nesta quarta-feira que deteve por "negligência e homicídio culposo" o proprietário do edifício que desabou em Mumbai, no oeste do país, matando 17 pessoas.

A detenção de Sunil Shitap, membro do importante partido regional Shiv Sena, aconteceu ontem à noite, segundo disse à Agência Efe Bhima Bhalchandra Rathod, chefe de polícia na área de Ghatkopar, no leste de Mumbai.

Segundo o chefe policial, o acidente pode ter ocorrido devido à suposta decisão de Shitap de "retirar os pilares" que sustentavam a estrutura do edifício durante uma obra de remodelação no subsolo do imóvel da sua propriedade.

Até o momento, os serviços de resgate recuperaram 17 cadáveres entre os escombros do edifício de quatro andares, enquanto 14 pessoas ficaram feridas e se encontram hospitalizadas, detalhou Rathod.

O chefe dos serviços de bombeiros de Bombaim, P.S. Rahangdale, confirmou à Efe a cifra de mortos e esclareceu que entre eles há 11 mulheres e seis homens.

Os desabamentos são frequentes na Índia, frequentemente devido ao precário estado das infraestruturas e à falta de manutenção, fatores alimentados pela corrupção e práticas ilegais que dominam o setor da construção.

Em agosto do ano passado, mais de 20 pessoas morreram na queda de uma ponte também no estado de Maharashtra, do qual Mumbai é a capital, em meio a graves inundações na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos