Trump doa salário do segundo trimestre ao Departamento de Educação

Washington, 26 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, doou os salários recebidos durante o segundo trimestre, uma quantia de cerca de US$ 100 mil, ao Departamento de Educação, anunciou nesta quarta-feira a Casa Branca.

Em uma entrevista coletiva, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, apresentou o cheque com a doação de Trump e o entregou à secretária de Educação, Betsy DeVos.

Ao agradecer pelo dinheiro, DeVos explicou que os recursos serão destinados a financiar programas para incentivar o ensino de disciplinas como matemática, ciência, tecnologia e engenharia entre as crianças americanas.

Trump também doou os salários recebidos no primeiro trimestre deste ano. No entanto, o beneficiado foi o Serviço de Parques Nacionais, que completou 100 anos em 2016 e é responsável por proteger e manter os parques e monumentos naturais do país.

A Casa Branca já tinha antecipado que Trump ia cumprir a promessa de doar seu salário, que chega a US$ 400 mil brutos por ano.

Durante a campanha eleitoral, Trump prometeu que, se fosse eleito, ou doaria o salário ou o devolveria ao Departamento de Tesouro. Segundo a revista "Forbes", o presidente tem uma fortuna avaliada em US$ 3,7 bilhões.

Posteriormente, em uma entrevista ao programa "60 Minutos", da emissora "CBS", Trump afirmou que aceitaria receber US$ 1 porque a lei o obriga a ser pago para exercer o cargo de presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos