Maduro propõe diálogo e reconciliação à oposição antes da Constituinte

Caracas, 27 jul (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta quinta-feira que a oposição participe de uma "mesa de paz e reconciliação" nas próximas horas, um sinal de abertura ao diálogo antes da eleição de domingo para escolher os representantes da Assembleia Nacional Constituinte.

Maduro pediu que os opositores deixem de lado o "caminho insurrecional" e voltem seu foco para a Constituição, pedindo antes do início do pleito a instalação de uma "mesa de diálogo, acordo nacional e reconciliação da pátria".

"Porque se não for assim, eu entregarei à Constituinte todo o poder de convocar de maneira obrigatória um diálogo nacional de paz com uma lei constitucional", disse o presidente diante milhares de seguidores em Caracas, em um ato de encerramento da campanha para as eleições do próximo domingo.

Maduro apresentou a ideia de formar uma "mesa nacional de entendimento para discutir os grandes temas do país" no último dia da greve geral de 48 horas convocada pela oposição para pressioná-lo a desistir da Constituinte, que, para muitos opositores, servirá para a consolidação de uma ditadura na Venezuela.

O presidente recriminou várias vezes os "atos terroristas" cometidos durante os protestos convocados pela oposição contra o governo e a Constituinte. Várias das manifestações terminaram em confronto com as forças de segurança, deixando, desde abril deste ano, 104 pessoas mortas no país.

Maduro responsabilizou a oposição pela morte de 29 pessoas queimadas vivas e por 5 mil lojas que foram incendiadas em incidentes que teriam ocorrido durante os protestos.

Além disso, o presidente reiterou que não há outra alternativa a não ser a Constituinte para obter a paz. No entanto, não explicou se adiará a Assembleia Constituinte se a oposição aceitar dialogar.

Muitas vozes do governo e da oposição falaram nos últimos dias sobre um diálogo para evitar mais confrontos no domingo. Porém, nenhum dos lados mudou de posição sobre a Constituinte. EFE mgb/lvl

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos