Novo naufrágio na costa do Egeu provoca morte de 7 refugiados

Istambul, 28 jul (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram no naufrágio de uma embarcação com refugiados nas águas do mar Egeu, perto da província turca de Izmir, informou nesta sexta-feira o site do jornal "Hürriyet".

Segundo dados da guarda costeira da Turquia, duas mulheres e cinco crianças morreram depois que a barca na qual viajavam afundou ontem, pouco após zarpar de Izmir em direção às ilhas gregas.

Outras nove pessoas foram resgatadas e levadas a um hospital provincial, enquanto uma segue desaparecida.

A polícia iniciou uma operação para encontrar os proprietários da embarcação que supostamente escaparam ao ver que a barca afundava.

Por outro lado, a polícia deteve hoje em duas operações 91 imigrantes na província de Izmir, que supostamente se preparavam para sair da Turquia de forma ilegal.

Entre os detidos há três pessoas que se dedicavam supostamente a organizar a transferência dos emigrantes e, por isso, um juizado determinou sua prisão preventiva.

Desde que Bruxelas e Ancara assinaram em março de 2016 um acordo de readmissão de refugiados que viajam das costas turcas às ilhas gregas, o número de emigrantes que tentam esta travessia caiu de forma drástica, desde milhares ao dia a algumas poucas dezenas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos