Oito pessoas morrem após consumir maconha sintética em 1 mês em Auckland

Bangcoc, 28 jul (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram pelo consumo de maconha sintética no mês de julho em Auckland, a principal cidade do norte da Nova Zelândia, informaram hoje fontes da Polícia local.

O inspetor Peter Florence disse em coletiva de imprensa que levam a situação muito a sério e que fazem tudo o que podem para acabar com a venda de maconha sintética nas ruas, ao mesmo tempo em que pediu a colaboração da população.

"Pedimos àqueles que consumem maconha sintética que deixem imediatamente de fazer isto e que busquem ajuda", disse Florence, segundo a emissora "Radio New Zealand".

Na quinta-feira à noite morreu em Auckland uma mulher de 31 anos que consumia este tipo de droga de laboratório e que poderia ser, se forem confirmados os testes forenses, a nona vítima da lista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos