Oposição começa 1º dia de grande protesto na Venezuela

Caracas, 28 jul (EFE).- Os opositores venezuelanos iniciaram a primeira das manifestações convocadas para os próximos três dias tomando as ruas com barricadas, obstáculos e sacos de lixo como forma de protesto contra a Assembleia Nacional Constituinte, que será votada no próximo domingo.

Passadas as 12h (hora local/ 13h em Brasília), os manifestantes começaram a formar bloqueios nas ruas de Caracas, principalmente no leste da cidade, conhecido por ser reduto de opositores e palco de protestos.

O fechamento das ruas restringiu a passagem em boa parte do leste da capital venezuelana, mas a presença de manifestantes está reduzida a grupos de dezenas de pessoas.

A atividade dos opositores se desenvolve apesar da proibição do governo de qualquer tipo de reunião pública ou manifestação que ponha em risco o cenário eleitoral.

Algumas das concentrações e barricadas no município Chacao de Caracas foram dissolvidas pelas forças de segurança. Ainda não foi divulgado um número de possíveis feridos ou detidos.

O primeiro vice-presidente do Parlamento, o antichavista Freddy Guevara, respondeu que o protesto "é um direito" e assegurou que tomaria "cada canto do país "para mostrar que (a população) não vai deixar que seja escravizada".

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta sexta-feira à coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) que está derrotada na tentativa de tirá-lo do poder e pediu aos líderes opositores para que se rendam.

"Estão derrotados, rendam-se vocês da MUD. Estão derrotados e o povo vai a dar a vocês uma lição e um castigo no dia 30 de julho. O povo vai castigá-los com o voto, para que estudem, para que sejam sérios", disse o governante em pronunciamento exibido pelo canal estatal "VTV".

A oposição venezuelana se negou a participar da Constituinte por considerar o processo fraudulento e criticar que não tenha sido convocado um referendo antes da escolha dos constituintes, como ocorreu em 1999, quando foi sancionada a atual Constituição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos