Premiê do Paquistão renuncia após sua inabilitação pelo Supremo

Islamabad, 28 jul (EFE).- Nawaz Sharif renunciou hoje como primeiro-ministro do Paquistão depois que o Tribunal Supremo decidiu inabilitá-lo pelas sociedades da sua família em paraísos fiscais revelasas no Panama Papers.

"Após o veredito, Nawaz Sharif renunciou das suas responsabilidades como premiê", anuncionou seu escritório em um comunicado.

Segundo a nota, o ex-governante acata assim o veredicto do Supremo.

Sharif tem "reservas" sobre a decisão e anunciou que estudará opções legais contra ela.

A renúncia de Sharif provoca a dissolução imediata de todo o Gabinete e o Parlamento deverá escolher um novo governante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos