Homens armados atacam residência do vice-presidente do Quênia

Nairóbi, 29 jul (EFE).- Um grupo de homens armados atacou neste sábado a residência rural do vice-presidente do Quênia, William Ruto, que não estava no local no momento da ação.

Os homens invadiram a casa, que fica no condado de Uasin Ghisu, no oeste do Quênia, após deixarem um segurança inconsciente. Eles se aproximaram do local simulando serem vendedores, renderam o agente e desferiram várias coronhadas, segundo testemunhas.

Ainda não se sabe quantos homens invadiram a residência do vice-presidente. Já dentro do local, eles fizeram vários funcionários reféns. Disparos foram ouvidos na casa há poucos minutos, de acordo com a imprensa local.

Um grupo de agentes especiais do Exército do Quênia foi enviada ao local para retomar a residência dos invasores, que, segundo as testemunhas, têm aparência de serem da Somália.

O vice-presidente tinha passado a noite na residência rural, mas deixou o local duas horas antes do ataque para se reunir com o presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, em um ato eleitoral.

O ataque ocorre dez dias antes das eleições gerais do Quênia. Há grande tensão por causa das questões étnicas do país e pelas ameaças do grupo jihadista Al Shabab, que pretende boicotar o pleito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos