Polícia chinesa detém mulher que mudou rosto para evitar dívida milionária

Xangai (China), 29 jul (EFE).- As autoridades da china detiveram uma mulher de 59 anos acusada de não pagar dívidas no valor de US$ 3,71 milhões e descobriram que tinha se operado e mudado completamente o rosto para fugir da justiça, informou hoje a agência oficial de notícias "Xinhua".

"Surpreendeu-nos muito, já que parecia ter uns trinta anos e era diferente das fotos que tínhamos", disse um dos policiais que participou de sua detenção.

Zhu Najuan desapareceu no começo do ano depois que um tribunal de Wuhan, capital da província central de Hubei, lhe exigiu que pagasse uma enorme dívida de mais de 25 milhões de iuanes.

Para fugir da justiça, decidiu se submeter a várias operações de círurgia plástica e, enquanto isso, utilizou cartões de identificação de novas pessoas para comprar passagens de trem e obter créditos que lhe permitissem pagá-las, segundo confessou a mulher depois de detida.

Najuan foi capturada na cidade sulina de Shenzhen, onde os agentes da polícia de Wuhan que a detiveram ficaram assombrados com seu novo rosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos