Diretor de Comunicações de Trump quer relação mais próxima com republicanos

Washington, 30 jul (EFE).- O novo diretor de Comunicações da Casa Branca, Anthony Scaramucci, disse neste domingo que quer construir uma relação mais forte com os republicanos depois de sua nomeação ter provocado a saída do governo do ex-líder do partido.

Após sacudir Washington em apenas uma semana no cargo, Scaramucci quis hoje enviar uma mensagem conciliadora e revelou que teve um diálogo "genial" com a presidente do Comitê Nacional Republicano (RNC), Ronna Romney McDaniel, a elogiando por estar fazendo um "fantástico trabalho" para apoiar o presidente Donald Trump.

"Desejando construir uma relação inclusive mais forte com os republicanos", disse Scaramucci em sua conta oficial no Twitter, meio de comunicação preferido de seu novo chefe.

Essas foram as primeiras declarações do diretor de Comunicações depois de Trump ter anunciado na sexta-feira a saída de Reince Priebus do cargo de chefe de gabinete da Casa Branca. Ele foi substituído pelo general reformado John Kelly, até então secretário de Segurança Nacional.

Priebus, que deixou a presidência do RNC para fazer parte da equipe de Trump, era o membro do partido com o cargo mais alto dentro do governo até então.

O republicano tinha conseguido por meses impedir a nomeação de Scaramucci, um figurão de Wall Street, com o mesmo estilo de Trump e sem experiência em estratégias de comunicação política.

Mas sua decadente influência no Salão Oval e a facilidade com que Trump muda de opinião sobre seus assessores fizeram com que Scaramucci não só fosse indicado, mas roubasse o posto desejado por Sean Spicer, ex-porta-voz da Casa Branca e protegido de Priebus.

Spicer renunciou ao cargo no dia que Scaramucci foi anunciado.

A queda do porta-voz anunciava a saída de seu protetor. Scaramucci aguardava a vingança há meses, sabendo que sua entrada no governo tinha sido impedida pelo agora ex-chefe de gabinete.

O novo diretor de Comunicações tomou uma atitude imediata para se livrar do rival e o fez de maneira nada profissional, dando declarações muito polêmicas à revista "New Yorker".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos