EUA condenam Constituinte venezuelana e tomarão medidas contra seus membros

Washington, 30 jul (EFE).- O Governo dos Estados Unidos condenou a Assembleia Nacional Constituinte eleita neste domingo na Venezuela e advertiu que tomará medidas firmes contra seus membros e demais "arquitetos do autoritarismo" no país.

"Continuaremos tomando ações firmes e rápidas contra os arquitetos do autoritarismo na Venezuela, incluindo os que participam da Assembleia Nacional Constituinte como resultado da defeituosa eleição de hoje", disse em comunicado a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert.

"Encorajamos os Governos do hemisfério e de todo o mundo a tomar ações firmes para fazer prestar contas os que minam a democracia, negam os direitos humanos, são responsáveis pela violência e pela repressão ou participam de práticas corruptas", acrescentou o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos