EUA voltam a responder Coreia do Norte posicionando bombardeiros B-1B

  • US Air Force/Airman 1st Class Gerald Willis/AFP

    Bombardeiro estratégico B-1B, antes de decolar na Base Militar Dyess, no Texas

    Bombardeiro estratégico B-1B, antes de decolar na Base Militar Dyess, no Texas

Os Estados Unidos posicionaram neste domingo bombardeiros estratégicos B-1B em torno da península coreana em resposta ao míssil intercontinental lançado pela Coreia do Norte na sexta-feira, segundo informou o ministro de Defesa do Japão, país que participou destas manobras aéreas.

Nos exercícios tomaram parte junto com dois bombardeiros americanos caças japonesas F-2, segundo detalhou em coletiva de imprensa o ministro de Defesa japonês, Fumio Kishida.

Não é a primeira vez que o Pentágono decide usar estes aviões, estacionados na sua base aérea de Andersen na ilha de Guam, para exibir poderio militar em resposta ao que considera provocações por parte da Coreia do Norte.

O movimento dos bombardeiros americanos de hoje pretende responder ao lançamento na sexta-feira passada de um míssil ICBM, o segundo que os coreanos do norte testam com sucesso na sua história.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos