Ministério Público confirma morte de homem durante protesto na Venezuela

Caracas, 30 jul (EFE).- O Ministério Público da Venezuela (MP) confirmou neste domingo a morte de um homem durante um protesto no estado de Mérida ontem, o que eleva o número de mortos durante a onda de manifestações no país para 110.

A vítima, identificada como Marcel Pereira, de 38 anos, participava de um protesto na localidade de Chiguará e até o momento nenhuma autoridade apontou a causa da morte.

A oposição informou mais cedo outros dois mortos durante a madrugada de sábado para domingo.

Segundo o parlamentar e líder do partido Ação Democrática (AD), Henry Ramos Allup, o "regime assassinou" com um disparo Ricardo Campos, secretário juvenil do AD, durante um protesto na localidade de Cumaná, no estado de Sucre.

Já outra vítima seria Iraldo Guitérrez, que de acordo com o deputado Paparoni morreu no estado Mérida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos