Putin sanciona lei que proíbe acessar sites bloqueados na Rússia

Moscou, 30 jul (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou neste domingo uma lei que proíbe acessar, utilizando outros recursos, sites bloqueados pelas autoridades do país.

Em caso de descumprimento da lei, o governo também bloqueará as páginas que permitem burlar o bloqueio dos sites proibidos pela Rússia, uma lista repleta de veículos de imprensa ucranianos e outros que fazem oposição ao Kremlin.

Para facilitar o trabalho das operadoras no cumprimento da legislação, o órgão de vigilância Roscomnadzor criará um registro único para reunir todos os sites proibidos no país.

Também será de responsabilidade do Roscomnadzor vigiar a rede para descobrir e neutralizar as páginas que descumprem a lei.

A nova legislação dota o órgão de competência para cooperar com as forças de segurança para identificar e localizar os responsáveis por facilitar o acesso sites bloqueados na internet.

Desde o retorno de Putin à presidência do país, sobretudo depois das manifestações da oposição nesse mesmo ano, o Kremlin aprovou uma série de leis que restringem as atividades da oposição e a liberdade de imprensa na Rússia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos